Eu,

Minha foto
Dayse Sene
Sou águia que vôa alto... em busca dos meus sonhos. Sou girassol, que acompanha o brilho do sol, em busca de um crescimento espiritual. Sou simplesmente Dayse Sene, que vive, que chora, que se emociona, que luta, que caminha por entre flores e espinhos, como todos, mas que mesmo assim, se sente feliz. Assim sou eu: AGRADECIDA POR ESTAR VIVA.

Textos Mais Lidos

Qual o seu idioma?

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Meus Vídeos

Loading...

Meu Arquivo

Corpo Sem Cor


Desde que eu o perdi.
Meu corpo ficou assim.
Sem cor.
Quase transparente.
Sofrendo todos os nossos desencontros.
Lutei!
Tentei pintá-lo
de verde esperança.
Mas a tinta não pegou,
pois não tinha amor.
Corpo sem cor!
Que busca emoções.
Que quer carinho.
Que precisa de afagos.
Que precisa de toques
suaves.
Quer se alimentar.
Corpo sem cor!
Venha amor,
respinguem em mim
energia.
Trace as suas fantasias
em minh'alma.
Alma que implora,
que chora,
sem se encontrar.
Alimente esse corpo,
que apenas quer sonhar.


Imagem ( Google).


2 comentários:

Pedro Luso de Carvalho disse...

Dayse,

Belo poema, que diz bem do sentimento de perda, e que, quando isso acontece, para o poeta resta o consolo de transformar a dor em poesia. Parabéns.

Abraços,
Pedro.

Dayse Sene disse...

Pedro meu querido!
Obrigada por sua participação.
Pois é! O poeta é um "cara" corajoso...transforma em arte a sua dor.
uma noite tranqüila, com sonhos lindos.
Um grande abraço.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados por uma equipe.
Leia atentamente os Termos de uso antes de prosseguir.


Não serão aprovados os seguintes comentários:

1. com ofensas e/ou palavrões
2. não relacionados ao tema do post
3. com pedidos de parceria
4. com propagandas (spam)
5. com perfil do Blogger indisponível (anônimos)

Enfim, estamos aqui para CoNSTRuir...

.
Copyright₢ 2009 - 2010 DayseSene.Com
Developed By dPto