Eu,

Minha foto
Dayse Sene
Sou águia que vôa alto... em busca dos meus sonhos. Sou girassol, que acompanha o brilho do sol, em busca de um crescimento espiritual. Sou simplesmente Dayse Sene, que vive, que chora, que se emociona, que luta, que caminha por entre flores e espinhos, como todos, mas que mesmo assim, se sente feliz. Assim sou eu: AGRADECIDA POR ESTAR VIVA.

Textos Mais Lidos

Qual o seu idioma?

English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Meu Arquivo

O Sábio


Me despi das fantasias
da realidade.
Nada quis para mim.
Nem riqueza.
Nem ouro.
Nem glamour.
Quis ser andarilho,
quis ser assim.
Com poucos pertences,
jogados num saco.
Que levo onde vou.
Conheci o mundo.
Aprendi idiomas.
Não fui a escola,
aprendi com a vida.
Ela me ensinou.
Tenho bagagem suficiente,
para dar exemplo de vida e de amor.
Não fui prisioneiro,
de regras sociais.
Andei direito comigo mesmo.
Sem preciso ser corrigido por lei.
Só fiz o que quis, 
e faço o que quero.
Não tenha medo de mim.
Não vivo o inferno.
Vivo a paz do Senhor.
Converso com Deus,
Ele é meu guia.
Meu parceiro de estrada.
Dele inseparável eu sou.
Minha fome matava e mato.
Pois plantava e planto,
por onde ando,
por onde vou.
Nos rios sacio a minha sede
a ainda me delicio
com a beleza
do lugar.
Não posso reclamar.
Pois sábio eu sou.
Despido não de amor,
mas das dores da vida.
Das angustias e das feridas,
Que há tempo cicatrizou.
Sem apego ao material.
Livre!
Livre,
da vingança e do mal.
Apenas vivi
e vivo.
Minha vida real.
No encontro do meu eu..
Sem esconder minha face
de Deus, 
das pessoas, 
de mim mesmo;
Sem me esconder, 
atrás da riqueza, fingindo 
o que não sou.
Nasci com essência,
pureza de alma.
E conformado sou.
Pois cuido de mim,
usando aqui,
apenas o que preciso
para evoluir. 
Se carrego tanta bagagem
faço da minha vida
lixo,
e não luxo.
Me atropelando
no caminho
que eu mesmo construir.
Formando uma prisão de ouro
sem direito a sair.
Me divertir.
Ser livre.
Ir e vir.
Pois aqui nesse chão,
se mata por ouro,
por terra,
por inveja do irmão..
Material eu não tenho,
mas sei bem quem sou.
Ninguém irá tirar
o meu tesouro,
que são minhas asas
ocultas para voar.
Vou onde quero,
paro onde quero.
Respiro puro ar.
E hoje falo para você.
Nada tenho a oferecer
se não lições de amor.
Por isso sou o que sou.

Imagem(Google).

2 comentários:

Taciana dos Anjos disse...

"Pois plantava e planto,
por onde ando,
por onde vou."
lindo, de encantar o coração e preencher a alma
é de se esperar que seja assim mesmo! =)
adoro seu cantinho!
beijos
Taaci Anjos

Dayse Sene disse...

Oi minha amiga amada Taci!
Feliz com sua visita amada.
Sempre me deixa palavras doces.
obrigada coração.
uma ótima noite.
Um abraço apertadinho.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados por uma equipe.
Leia atentamente os Termos de uso antes de prosseguir.


Não serão aprovados os seguintes comentários:

1. com ofensas e/ou palavrões
2. não relacionados ao tema do post
3. com pedidos de parceria
4. com propagandas (spam)
5. com perfil do Blogger indisponível (anônimos)

Enfim, estamos aqui para CoNSTRuir...

.
Copyright₢ 2009 - 2010 DayseSene.Com
Developed By dPto